segunda-feira, 12 de junho de 2017

Vitoria vence o Atlético Mineiro no Barradão e deixa lanterna do Brasileirão

O Vitória volta a campo na próxima quarta-feira, às 19h30 novamente no Barradão contra o Botafogo.


Globo Esporte
Ufa! Finalmente o torcedor do Vitória conseguiu comemorar o primeiro triunfo no Brasileirão da Série A 2017. Jogando no Barradão, o Leão derrotou o Atlético Mineiro por 2 a 0 gols marcados por Kieza e Neilton, um em cada tempo.
Em jogo válido pela quinta rodada, pela primeira vez nesta competição o goleiro Fernando Miguel não foi tão exigido, mesmo o adversário tendo grandes goleadores como Fred, Robinho, Valdivia, Elias, atletas que praticamente não apareceram na partida. O Vitória também não fez grande exibição, mas aproveitou as oportunidades e ao final comemorou os primeiros três pontos e a motivação para dar continuidade vitoriosa no certame.
O Jogo
A produção ofensiva foi um problema que acompanhou o Vitória nas cinco primeiras rodadas do Campeonato Brasileiro. Até então, o Rubro-Negro havia balançado as redes apenas uma vez na competição. E bastaram poucos minutos de bola rolando no Barradão para melhorar o número de gols marcados. Aos 19, Kieza foi puxado por Erazo dentro da área e o árbitro Raphael Claus marcou pênalti. O próprio atacante tratou de converter o lance, ao chutar forte no canto. 1 a 0.

Gol de Kieza cobrando pênalti
O time baiano explorou jogadas pelas laterais e poderia ter ampliado com David, que desperdiçou oportunidades, uma delas quase na pequena área. Com muitos erros de passe, o Atlético-MG não conseguiu articular jogadas de perigo. A melhor chance do Galo foi com Valdívia, que recebeu passe dentro da área e finalizou por cima da meta defendida por Fernando Miguel.
Segundo tempo
No intervalo, Roger Machado precisou substituir Yago, machucado, por Ralph. O time mineiro também mudou de postura. Mais organizado, passou a atacar com mais consciência. Em jogada trabalhada, Danilo arriscou de fora da área e, mesmo atrapalhado pelo árbitro, exigiu boa defesa de Fernando Miguel. Fred acertou o travessão após bola mal recuada por René Santos. Quando o Atlético-MG era melhor em campo, o Vitória ampliou o placar. Neilton se livrou da marcação, invadiu a área e finalizou sem chance de defesa para Victor. O gol esfriou o ímpeto do Galo, que passou a atacar sem qualquer estratégia aparente. Na base do contra-ataque, o Rubro-Negro baiano tentou marcar novamente, mas Paulinho desperdiçou ótima oportunidade.
O resultado deste domingo encerrou um período de 45 dias sem triunfos. A última vez que o time baiano saiu de campo com placar favorável foi no 2 a 1 sobre o Bahia, em abril, nas semifinais da Copa do Nordeste. Desde então, foram disputadas oito partidas, com cinco derrotas e três derrotas.
Vitória e Atlético-MG voltam a jogar na próxima quarta-feira. Às 19h30 (de Brasília), o Rubro-Negro recebe o Botafogo no Barradão. No mesmo horário, o Galo encara o Atlético-MG no Independência.
Redação CN | Globo Esporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário