segunda-feira, 24 de julho de 2017

Bahia não resiste ao Santos fora da casa e leva de 3; todos marcados por Bruno Henrique

O Bahia caiu uma posição na tabela, começou na 12ª e caiu para a décima terceira antes mesmo de entrar em campo, com a vitória da Chapecoense sobre o Vitória por 2 a 1.

O Bahia voltou a perder no campeonato Brasileiro depois de cinco jogos e quase um mês. A última derrota havia sido na Arena Fonte Nova, para o Flamengo dia 25 de junho por 1 a 0. Só que na manhã deste domingo (23) o Tricolor que vinha de duas vitórias seguidas fora da casa enfrentaria o Santos no Estádio Pacaembu, em São Paulo, estádio que é muito melhor para o Peixe mandar seus jogos que a Vila Belmiro seu estádio, confirmou tudo isso ao vencer o esquadrão por 3 a 0, todos marcados por Bruno Henrique, sendo dois no primeiro tempo e outro no segundo.
No Pacaembu o Peixe completou 21 vitórias e um empate no últimos três anos, e contou com o apoio de mais de 30 mil torcedores.

Alione retornou à equipe mas não produziu bem e foi substituído no segundo tempo O jogo
O Bahia tentou pressionar no começo e até assustou Vanderlei, num chute de Zé Rafael aos 5 min o goleiro do Peixe espalmou para a linha de fundo. Logo, porém, o Peixe tomou o controle da partida e construiu sua vitória com tranquilidade.
Aos 22 min após boa triangulação do Santos, Lucas Lima invade a área e é derrubado por Tiago. O árbitro sinaliza penalidade, o jogadores correm para cima do arbitro não aceitando a marcação e pedem que vá ouvir o arbitro auxiliar. E o árbitro volta atrás depois de conversar com o auxiliar. Não tem pênalti, por enquanto, no Pacaembu. Os jogadores do Santos se apressam para conversar com o juizão.
O primeiro gol alvinegro saiu aos 28: Bruno Henrique, livre, aproveitou rebote de Jean após chute cruzado de Kayke. Bruno Henrique, outra vez, ampliou aos 45 minutos, numa jogada que começou com um chapéu de Vecchio no meio e lindo drible de Lucas Lima dentro da área.
Com a vantagem, o Santos retornou ao segundo tempo mais desatento. O Bahia, que apostou na velocidade de Mendoza para a etapa final, quase se aproveitou. Vinicius e Juninho fizeram Vanderlei se mexer, mas não conseguiram marcar. Quem marcou, pela terceira vez, foi Bruno Henrique, mais uma vez no lugar certo. Daniel Guedes cruzou aos 30 minutos, Noguera tocou de cabeça e a bola ficou com o atacante, que limpou a marcação e fez mais um.
O Bahia caiu uma posição na tabela, começou na 12ª e caiu para a décima terceira antes mesmo de entrar em campo, com a vitória da Chapecoense sobre o Vitória por 2 a 1. O Bahia pode se manter na terceira até o fim dessa rodada, basta que Atlético PR e Ponte Preta fique no empate. A Ponte chegaria aos mesmos 19 pontos do Tricolor, mas tem desvantagem no saldo de gols. Vitória de qualquer uma das equipes empurra o Bahia para 14ª.
O Santos que tinha perdido a terceira posição com a Vitória do Flamengo sobre o Coritiba, ressume com 30 pontos.
Redação CN | Globo Esporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário