quinta-feira, 20 de julho de 2017

Jean fecha o gol, Juninho faz dois e Bahia vence o Atlético-MG no Independência

                       Foto: Fernando Michel/ Estadão conteúdo 

O Bahia venceu o Atlético-MG e quebrou um tabu de 15 anos sem superar o clube mineiro na noite desta quarta-feira (19), no estádio Independência, em Belo Horizonte. Com uma grande atuação do goleiro Jean, a equipe do técnico Jorginho sustentou a vantagem, bateu o Galo por 2 a 0 e somou mais três pontos no Campeonato Brasileiro. Os dois gols foram marcados pelo volante Juninho.

O resultado levou o Bahia ao 12º lugar, com 19 pontos conquistados. O Esquadrão de Aço segue longe de Salvador na próxima rodada. No domingo (23), às 11h, a equipe tricolor visita o Santos, no Pacaembu, em São Paulo.

O JOGO
O Bahia chegou no jogo com mudanças em relação ao jogo com o Avaí. Além do retorno do zagueiro Tiago, do meia Zé Rafael e a entrada do volante Juninho no lugar do suspenso Renê Júnior, Vinícius tomou a vaga de Régis no meio de campo.
Os minutos iniciais foram de maior posse e pressão do time mineiro, mas sem causar grande perigos aos defensores tricolores. Aos nove minutos, Rafael Carioca arriscou um chute de fora da área e Jean executou a defesa.
De pênalti, Juninho marca para o Bahia
Aos onze minutos, Zé Rafael caiu na área e a arbitragem assinalou a penalidade máxima. Um minuto depois, Juninho chamou a responsabilidade e bateu com força no canto esquerdo do goleiro Victor.
Em desvantagem, não havia outra alternativa ao Galo a não ser pressionar. Aos 20, o zagueiro Gabriel avançou e chutou com força de fora da área. A bola passou perto da meta de Jean. Na sequência, Cazares recebeu na grande área, finalizou com desvio e obrigou Jean a mandar para escanteio.
Lucas Fonseca evita gol do galo
Aos 29, o Galo quase chegou ao empate. Pela esquerda, Marlone cruzou rasteiro e Jean rebateu nos pés de Fred, que chutou para o gol. Antes da bola ultrapassar a linha, Lucas Fonseca cabeceou e a bola bateu na trave.
Chances para os dois lados
Aos 38 minutos, Fred recebeu com liberdade na grande área, cabeceou e Jean fez uma grande defesa. Três minutos depois, a chance foi tricolor: Mendoza deu passe para Vinícius, que finalizou e Victor rebateu.


Segundo tempo
Logo no primeiro minuto, Jean foi obrigado a trabalhar. Após cruzamento de Cazares, Fred cabeceou firme e o goleiro do Esquadrão fez uma bela defesa. Aos oito, o atacante Luan aproveitou a sobra, bateu de fora da área e a bola passou ao lado da meta.
Jean salva mais uma vez
O Galo seguiu pressionando o Bahia. Aos 18, após bola levantada na área, Fred cabeceou para trás, Cazares cruzou para o meio, Luan cabeceou e Jean se esticou para evitar o gol.
Aos 25, mais uma boa chance para o Galo. Dessa vez, Valdívia cobrou falta na área, Fred desviou de cabeça e Gabriel cabeceou no contrapé de Jean, mas a bola passou ao lado da meta. O Bahia respondeu com perigo logo depois. Régis passou para Eduardo, que chutou rasteiro. O zagueiro Gabriel desviou e Victor evitou o gol.
Juninho marca o segundo e resolve o jogo
Depois de tanta pressão atleticana, o Bahia conseguiu aproveitar um contra-ataque e marcou o segundo gol. Depois de Mendoza levar o time ao ataque e passar para Régis, o camisa 20 tocou para Juninho, que bateu com força de fora da área e não deu chances para Victor.
FICHA TÉCNICA
Atlético-MG x Bahia
Campeonato Brasileiro - 15ª rodada
Local: Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data: 19/07/2017
Horário: 21:45h
Árbitro: Marcelo Aparecido de Souza (SP)
Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho (SP) e  Bruno Salgado Rizo (SP)
Assistentes adicionais: José Cláudio Rocha Filho e Ilbert Estevam da Silva (SP)
Cartões amarelos: Bremer, Victor, Fred, Adílson (Atlético-MG) / Matheus Reis, Matheus Sales, Vinícius, Jean, Eduardo, Eder (Bahia)
Gols: Juninho (duas vezes) (Bahia)
Atlético-MG: Victor; Marcos Rocha, Gabriel, Bremer e Fábio Santos; Adilson, Rafael Carioca (Luan), Elias (Rafael Moura), Marlone (Valdívia) e Cazares; Fred. Técnico: Roger Machado
Bahia: Jean; Eduardo, Tiago, L8ucas Fonseca e Matheus Reis; Matheus Sales, Juninho e Vinícius (Eder); Mendoza, Zé Rafael (Ferrareis) e João Paulo Queiroz (Régis). Técnico: Jorginho.

Fonte:Bahia Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário