quarta-feira, 26 de julho de 2017

Reprovação ao governo Temer tem novo recorde de 94%, revela pesquisa



O presidente Michel Temer (PMDB) já tem um novo recorde de impopularidade no Brasil. De acordo com um levantamento realizado pela Ipsos Public Affairs, o peemedebista tem reprovação de 94% entre os eleitores. As informações foram divulgadas na noite da última terça-feira (25). A pesquisa foi realizada na primeira quinzena do mês — ou seja, antes mesmo do aumento no preço dos combustíveis. 
O diretor do instituto, Danilo Cersosimo, afirmou que a instabilidade na política causada pelas delações da JBS continuam. "Identificamos que os efeitos da crise política e da delação premiada de Joesley Batista ainda se mantêm. Esse quadro tende a se manter nos próximos meses com a pauta do aumento de impostos", afirmou.
Na lista dos mais reprovados, além de Temer, aparecem o deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), com 93%; o senador Aécio Neves (PSDB-MG), com 90%; o senador Renan Calheiros (PMDB-AL), com 80%; a ex-presidente Dilma Rousseff (PT), também com 80%; e o senador José Serra (PSDB-SP), com 75%.

Nenhum comentário:

Postar um comentário