segunda-feira, 3 de julho de 2017

Vitória domina jogo contra o Bahia, mas clássico termina no zero a zero. Tricolor deixa o Z4

Goleiro Jean foi o destaque do Bahia com grandes defesas que impediram o triunfo rubro negro

O Vitória perdeu a grande chance de deixar a zona de rebaixamento neste domingo, 02, quando recebeu o Bahia no Barradão, com torcida única, mas terminou empatando em zero a zero. Resultado considerado ruim para os dois, mas ao final da rodada o Bahia foi beneficiado com a derrota do São Paulo para o Flamengo. O time do Morumbi ficou com 11 pontos, o tricolor baiano também chegou a 11, mas no critério de desempate gols marcados o Bahia é superior (14 contra 11) e passou para 16º colocação.
O torcedor do Vitória saiu na bronca do estádio, pois, viu o time com maior posse de bola durante todo o jogo e nenhuma jogada resultou em gol.

Regis entrou no jogo após várias jogos de fora por contusão e não apareceu no jogo | Foto: Globo Esporte
O jogo
O sexto Ba-Vi da temporada 2017 foi de movimentação intensa na primeira etapa. Mendoza levou perigo em chute cruzado, defendido por Fernando Miguel. Kieza recebeu ótimo lançamento de Carlos Eduardo e, cara a cara com o gol, parou em Jean. O goleiro do Bahia, aliás, foi o grande destaque individual dos primeiros 45 minutos. Com muita agilidade, impediu o gol rubro-negro em cabeceio à queima-roupa de André Lima e em finalização de Kanu, após cobrança de escanteio. Além de fazer defesas difíceis, o camisa 1 tricolor mostrou coragem. Mesmo com a marcação alta feita pelo Rubro-Negro, ele não se intimidou e cobrou tiros de meta com toques curtos. No fim, mesmo superior, o Leão não conseguiu marcar e o placar se manteve zerado até a saída para o intervalo.
Segundo tempo
A superioridade do Vitória foi ampliada na segunda etapa. Com velocidade pelas laterais, o time rubro-negro ocupava o campo de ataque e rondava a área do Bahia, que se livrava da bola com muita facilidade. Neilton, que teve o nome gritado pela torcida, saiu do banco de reservas e substituiu Cleiton Xavier, em tentativa de Alexandre Gallo de dar maior poder ofensivo ao Leão. E apesar de melhor em campo, o time treinado por Alexandre Gallo não conseguiu balançar as redes. André Lima até tentou, mas Tiago salvou o Tricolor. E com muitas chances desperdiçadas, o Leão não conseguiu fazer o dever de casa e decepcionou os 10.741 torcedores presentes no Barradão.
O Vitória segue como pior mandante do Campeonato Brasileiro. O Rubro-Negro conquistou apenas cinco pontos em casa, com um triunfo e dois empates em seis partidas. Reconhecido como um alçapão, o Barradão não tem surtido o efeito esperado na atual edição da Série A.
Apesar de sair da zona de rebaixamento, o Bahia completou neste domingo uma sequência de seis jogos sem triunfo. A última vez que o Tricolor saiu de campo com os três pontos foi no início do mês, quando bateu o Cruzeiro na Arena Fonte Nova. O Vitória também está em jejum. Com o empate deste domingo, o Rubro-Negro chegou ao terceiro jogo sem vencer.
No próximo sábado, às 16h (de Brasília), o Vitória encara o Atlético-GO, lanterna da competição, no Serra Dourada. O Bahia recebe o Fluminense no domingo, também às 16h, na Arena Fonte Nova, em Salvador.

Nenhum comentário:

Postar um comentário