terça-feira, 1 de agosto de 2017

Acidente com atores de Tucano que interpretam Mamonas Assassinas quase termina em tragédia

A peça “Nem pelados nem Santos” conta a história da banda Mamonas Assassinas que se acabou de forma trágica num acidente aéreo.


Há 21 anos, um trágico acidente aéreo na Serra da Cantareira, em São Paulo, acabou com a carreira promissora da banda Mamonas Assassinas. O grupo retornava de um show no estádio Mané Garrincha, em Brasília.
Na madrugada desta segunda-feira, 31 de julho, por pouco um acidente com um dos veículos que transportava parte do elenco e da equipe de apoio do espetáculo “Nem pelados nem Santos – Uma homenagem aos Mamomas Assassinas” não se transformou em uma tragédia.

O grupo retornava de Serrinha, onde se apresentou no final de semana, quando o reboque do carro capotou, possivelmente depois de um dos pneus do veículo ter estourado ao cair em um buraco no asfalto da BR-116, como relatou o grupo, ocasionando, logo em seguida, o capotamento também do veículo, que ficou completamente destruído, sendo ambos arremessados para fora da pista.

luri (Camisa azul no centro)  estava no veículo e postou essa foto do grupo em Serrinha6para agradecer as mensagens de apoio. 
Em contato com o site Resenha Local, o ator e integrante da peça, Iuri Pimentel, informou que o acidente ocorreu por volta de 1h da manhã em um trecho entre os municípios de Araci e Teofilândia. Apesar do estrago no veículo, ninguém ficou ferido. “Venho agradecer a todas as mensagens de carinho e força, e dizer que apesar do ocorrido estamos bem e não nos machucamos. Graças a Deus tudo foi feito devido sua vontade. Só temos que agradecer pela graça de termos nascido novamente”, postou Iuri em sua rede social na tarde desta segunda-feira (31) depois de passado o susto.
A peça “Nem pelados nem Santos” conta a história da banda Mamonas Assassinas que se acabou de forma trágica num acidente aéreo.
Fonte: Resenha Local

Nenhum comentário:

Postar um comentário